domingo, 17 de janeiro de 2016

, , , ,

Entrevista com Sofia Sampaio

Descobertas Literárias


Pelos idos de 2010, eu participava como escritora em um site dedicado à fanfictions, sendo que a maioria delas era direcionada a Saga Twilight, que era a “febre do momento”, enfim… E, acreditem se quiserem, eu tinha muitas fãs (é sério! não riam XD)! Entre as pessoas mais entusiastas estava uma menina, sim ela era uma jovenzinha muito amistosa e entusiastica, que sempre deixava os comentários mais calorosos e carinhosos para mim. Na troca de mensagens, acabamos por desenvolvermos certa amizade, e esta acabou por culminar em um encontro cara a cara quando fui passar uma temporada na Europa. Conhecê-la, foi uma grata surpresa e uma grande alegria. Tinhamos muitas coisas em comum, o amor pela escrita, o desejo de publicar um livro, e o principal: o mesmo tom de humor sarcástico! Eu adorei-a de imediato, e até hoje mantemos contacto, por que acredito piamente que devemos nos manter cercados de pessoas de bem, e ela é um exemplar perfeito desse tipo de gente.
Batalhadora e persistente, Sofia corre atrás dos seus sonhos sem medir esforços para atingi-los. 
Escritora, capista/designer, blogueira, youtuber, a multifacetada, Sofia Sampaio, que atende também pelo nome de Elena Muller, é a personalidade do dia, em mais uma das entrevistas do “Descobertas Literárias”. 


D.L
Para começar me conte um pouco sobre você: idade, de onde é e onde vive, sonhos profissionais e pessoais.

Sofia Sampaio
Eu me chamo Sofia, mas atendo por nome artístico de Elena Muller. Tenho 24 anos - faço 25 no final de Maio - e nasci, cresci e vivo em Porto, Portugal.
Quando criança eu sonhava ser pianista, atriz ou dançarina de balé. Eu acho que tinha uma alma clássica naquela época porque todo esse mundo artístico sempre fascinou-me imenso. Porém à medida que fui crescendo apercebi-me que não tinha muita aptidão para nenhum dos três sonhos.
Depois fui crescendo e sonhei em tornar-me escritora, porém também percebi que não era bem isso que eu queria ser. Apesar de amar muito a escrita, o meu sonho não era apenas escrever e sim mostrar exatamente as imagens das histórias que surgiam na minha cabeça. Por isso agora sonho em ser cineasta.


D.L
Em sua opinião, os sonhos definem uma pessoa?

Sofia Sampaio
Eu tenho algumas dúvidas quanto a isto. 
Porque muitas vezes eu sonho com um futuro ou me vejo em alguma situação e quando comparo eu vejo que aquela pessoa que eu sonho ser é bem diferente daquilo que eu sou, e que numa realidade eu não tenho tantas certezas se algum dia seria como eu sempre me imagino.
Porém eu não consigo entender porque me imagino de forma bem diferente. Acho que de uma certa forma ainda estou pensando na alma clássica de quando era criança e projetando ela para o futuro.
Então acho que minha resposta é: os sonhos definem a alma da pessoa, sua verdadeira essência escondida por trás da pessoa que ela se apresenta.


D.L
Você disse que hoje se imagina como uma futura cineasta, o que você tem feito para alcançar esse objetivo? Teu canal no youtube tem alguma coisa a ver com isso?

Sofia Sampaio
Acertou. Já fazia um bom tempo que eu tinha pensado em criar um canal no youtube.
Minha ideia inicial na verdade era fazer curtas metragens, mas isso requeria materiais e pessoal disposto a colaborar. Houve uma época em que tinha os materiais e o pessoal, mas os colaboradores acabaram adiando, adiando e adiando até que nunca foi feito nada.
Ainda tenho vários projetos de curtas metragens, mas estão guardadinhos até a altura em que finalmente possam ser usados.
Por enquanto tenho que ser eu mesma a colocar a cara no sol e a tentar atrair alguma atenção para o meu canal a fim de, talvez um dia mais tarde, conseguir fazer as minhas tão sonhadas curtas.


D.L
Tomara, consigas realizar todos os teus curtas!! Quando nos conhecemos, em 2010, tu escrevias fanfics, e atendias sob a alcunha de Baby, tinhas inclusive um grupo de fanfics interativas, ele ainda está ativo? Segues escrevendo este gênero?

Sofia Sampaio
Ai meus deuses que saudades dessa época! Agora que você me lembrou, bateu uma saudadezinha (rsrs)
Então, eu larguei das fanfics faz quase 4 anos, ou seja, em 2012. Passei por uma fase de negação à escrita bem pesada nessa altura. Parei de escrever por completo, parei de ler também e nem me recordo ao certo os motivos.
Aquela foi uma época maravilhosa em que eu conheci gente maravilhosa, li coisas maravilhosas e a altura em que eu comecei a me aperfeiçoar na escrita, a aprender técnicas e palavreado, foi também época também onde apanhei a mania de escrever em "português brasileiro" pois meu público era todo do Brasil e eu queria que eles me entendessem. Então eu pesquisava muito, perguntava muito e treinava muito para ser entendida. Por isso minha escrita é tão "abrasileirada".
Infelizmente essa época passou, eu larguei das fanfics e agora só escrevo originais, porque apesar de eu amar ler/escrever sobre um universo pelo qual eu sou apaixonada, eu amo muito mais criar novos universos.
Sobre as fanfics interativas elas também acabaram ano passado. Esse grupo pertencia a um site que eu administrava com umas amigas minhas porém as escritoras e leitoras foram abandonando cada vez mais e nós - administradoras - acabamos por tomar a decisão de terminar com o site.
Contudo, ainda que tenhamos "terminado", o site ainda continua aberto para quem quiser ir ler ou reler as fics lá postadas.
E o mesmo digo do meu site pessoal, onde eu postava as minhas fanfics. Ele também está aberto e as fanfics postadas estão disponíveis para leitura. Porém eu estou transferindo algumas das histórias para o Wattpad em versão não interativa.


D.L
Também sinto saudades dessa época! Foi maravilhoso conhecer todas aquelas pessoas, e você em especial, que fez a gentileza de me receber em tua cidade quando estive uma temporada no Porto. Sabe que de todas as leitoras de “She Wolf” você foi a única que tive o prazer de conhecer pessoalmente? Irônico isso, por que todas as outras eram brasileiras e eu só conheci a ti, que mora em Portugal! Acho que tinha que ser, não é? Então, foi-se a "Baby" e veio a Elena Muller, como ela surgiu e com que finalidade?

Sofia Sampaio
Eu surtei muito na época que te conheci porque era muito surreal mesmo! Uma das minhas escritoras favoritas estar ali na minha frente em carne e osso! Você também foi a única amiga brasileira que conheci e olhe que não faltou oportunidade de conhecer outras que vieram aqui a Portugal e até passaram por minha cidade. Mas é como você disse: tinha de ser.
É isso mesmo, Baby se foi e agora chegou Elena. Então a escolha do meu nome artístico passou por muitas transições.
Primeiramente eu fui Ella Cipriano, mas não durou muito. Depois fui Baby Sophia Muller, mas o Baby não dava muito boa cara profissional ao meu nome artístico então eu resolvi me despedir dele, com muito carinho e dor, e me foquei só em Sophia Muller. Contudo já havia uma escritora brasileira um tanto conhecida com esse nome, então eu resolvi mudar para Elena. Porquê Elena? Porque na verdade eu me chamo Sofia Helena, então foi uma referência ao meu nome verdadeiro. Já o Muller foi uma criação, assim como foi Baby. Ele surgiu quando eu jogava RPG e minha personagem se chamava Camilla Muller. Com esse nome eu conheci algumas pessoas marcantes e que ainda são minhas amigas fora dos personagens. Então acabou por ficar assim. Elena Muller.


D.L
Ah! Obrigada pelo "escritora favorita"! Foi mesmo um prazer imenso ter te conhecido e passado alguns ótimos momentos contigo nesta cidade maravilhosa em que vives. Mas voltando a Elena Muller, ao que ela se dedica? Sei que, apesar de teres passado por um tempo tenebroso em que deixaste de escrever, tens algumas coisas publicadas no Wattpad sob este pseudônimo, fale-nos da linha que segues agora, o que iremos encontrar no perfil da Elena?

Sofia Sampaio
Elena Muller agora se dedica a descontrair fazendo algumas coisas que ela ama, como escrever e fazer vídeos para o youtube.
Na parte da escrita eu exploro minhas habilidades em vários gêneros. Me testo como escritora de romances, de policiais, de sobrenaturais, de dramas, etc. 
Não me atenho a um só gênero porque acho que minha arte e minhas habilidades não deveriam ser restringidas também. Meu primeiro livro foi uma comédia-romântica, mas meu segundo (que ainda está no longuíssimo processo de criação) é sobre fantasia. E tenho uma história publicada, e ainda por terminar, sobre um policial, outra sobre um drama e outro de ação.Eu gosto de testar meus limites.


D.L
O mais certo seria dizer que, para ti, não há limites! São muitos projetos literários, todos diferentes, se considerarmos os gêneros. Diga-nos, o que eles tem em comum?

Sofia Sampaio
Acho que o romance. Eu sou apaixonada por romance. Não há maneira de eu escrever uma história sem romance e também não consigo ler nada que não tenha um pouco de romance no meio. Mesmo que às vezes possa parecer um pouco despropositado, dependendo do tema escrito, sempre há um jeito de inserir o romance. E claro, aliado ao romance tem o drama. Personagem que não sofre não está mostrando quem realmente é!


D.L
E o papel dela em teu canal do youtube? Devo confessar, eu adoro assistir teus vídeos! O humor que trazes torna-os leves e divertidos, mesmo quando tratam de temas polêmicos ou sérios. Qual a medida exata para não tornar-los em só "mais um daqueles vídeos de comédia besteirol" ?

Sofia Sampaio
Eu sinceramente não sei responder. Talvez a comédia natural da pessoa. Se uma pessoa não é naturalmente cômica ou não consegue falar de alguns assuntos com leveza e animação para não os tornar pesados, então acho que não devia forçar.
E eu acho que eu adquiri essa "habilidade" de falar de coisas sérias com leveza porque muitas vezes quando os meus amigos estavam para baixo eu tinha de levantar o astral deles. E qual melhor maneira de levantar o astral do que fazer uma pessoa sorrir?
Não é que eu seja uma pessoa muito engraçada, nem cômica. É só que com tanta "experiência" em levantar o astral e falar sobre os assuntos sem parecer uma chata, eu acabei desenvolvendo essa leveza e breve comédia em falar os temas.
É engraçado que eu não tinha pensando nos meus vídeos dessa forma e agora que você perguntou eu comecei pensar e acho que é isso mesmo...eles são divertidos, mas conservam a mensagem principal.


D.L
É como dizem por aí, às vezes alguém de fora vê melhor as coisas todas. E de verdade, você tem um astral muito bom e divertido, ao que somos gratos por poder desfrutá-lo em seus vídeos. Fale-nos um pouco sobre o projeto Panda, no que consiste, qual a finalidade, quem está contigo nesta empreitada?

Sofia Sampaio
Por enquanto só sou eu, myself and I por trás de todo o Projeto Panda!
Mentira. Tive grandes ajudas técnicas de um amigo meu. Sempre que eu passo perrengues com o meu portátil, ou meu editor de vídeos, ou minha câmera ou comigo mesma, ele está lá para me acalmar e me ajudar. Um anjo caído do céu.
De resto só sou eu mesma. Porém ainda pretendo ter algumas colaborações no canal via skype.
A finalidade do canal, como eu disse anteriormente, é de apenas entreter o público, mas secretamente eu estou tentando perder alguma vergonha e ganhar também alguma responsabilidade, porque tocar com um canal do youtube exige muita responsabilidade!
E também é um meio de eu melhorar minha dicção. Eu sou muito apressada para falar, principalmente quando estou nervosa, e com o canal eu tenho que controlar-me e falar as palavras melhor. Ainda é um processo em andamento e muitas vezes eu falho redondamente. Mas vou continuar tentando e treinando.


D.L
Eu tive a impressão, quando assisti ao teu último vídeo pelo canal Panda, e corrija-me se eu estiver errada, se faz favor, que ele tem um foco literário, quando pensaste em fazê-lo a ideia era ser um canal tipo booktuber, ou nem por isso?

Sofia Sampaio
Não, nada disso! 
Minha ideia sempre foi falar sobre vários temas que me viessem à mente e eu achasse bacana falar. Entre eles estão algumas temas literários, mais voltados para escritores do que propriamente para leitores. Não acho que algum dia seria capaz de fazer booktubes porque não tenho muita habilidade para resenhista por um simples motivo: tenho uma memória péssima, e seria bem capaz de eu esquecer todo o teor da história na altura de falar sobre. 


D.L
Considerando esse teu caso de má memória, então gravar tuas coisas em vídeo foi mesmo uma boa ideia, não é? Quais os temas literários mais recorrentes que te aparecem? Em uma conversa no outro dia, me disseste que muitas das tuas ideias surgem das trocas entre tu e tuas amigas, em conversas corriqueiras, costumam falar muito sobre livros e escritores? Sei também que algumas delas escrevem, poderias nos dizer quais as dúvidas mais recorrentes nas cabeças delas?

Sofia Sampaio
Eita que pergunta difícil. 
Então gravar os vídeos é também uma ajuda para melhorar minha memória, porque eu roteirizo o que vou falar e tenho que falar de acordo com o que escrevi sem me desviar. O ruim de você ter uma má memória é que durante uma conversa você acaba se perdendo no assunto porque do nada lembrou de outra coisa e depois não lembra mais do que estava falando!
Com um roteiro você sabe o que tem de falar e mesmo que você se perca um pouquinho, você consegue voltar ao que estava falando.
Quando converso com meus amigos normalmente falamos de tudo e quase todos os temas de vídeos que eu gravei surgiram em conversas.
Sobre os temas literários mais recorrentes entre conversas com meus amigos, estão as técnicas. Nós debatemos imenso se os ensinamentos dados para novos escritores realmente são os mais corretos e acertados e acabamos por chegar à conclusão que essas dicas não resultam para todos! 
É bom um escritor pesquisar, aprender mais e mais, às vezes ouvir dicas e opiniões alheias pode ajudar um escritor a encontrar o seu verdadeiro rumo e a resolver o seu problema, dúvida ou questão. Mas não é necessário seguir à risca todas as dicas.
Não é porque ciclano diz que "você tem de escrever todos os dias" que isso resulta com todo o mundo. Comigo não resulta! Se eu me forçar a escrever todos os dias, eu vou pegar ódio da história! 
Contudo as questões mais recorrentes que ouço dos meus amigos são sobre a construção da obra, o roteiro das histórias e, principalmente, problemas com continuidade! Vejo muito bom escritor ter uma ideia magnifica mas não conseguir desenvolver ela porque ou não consegue imaginar o começo, ou não consegue desenvolver o meio ou então não consegue alcançar o fim. Eu mesma sofro muito desse mal! E acho que isso se deve muito à limitarmos demais nossa imaginação, exigirmos demais de nós mesmos e também tem um pouco de insegurança.


D.L
Acho que inseguranças temos todos, não é? Eu mesma tenho muitas, mas pronto. E em falando em inseguranças, como é estar por trás e ao mesmo tempo à frente das câmeras? Pelo que entendi, você faz tudo sozinha, escolhe o tema, escreve o roteiro, dirige e apresenta seus vídeos...é cansativo? Vale a pena? Tem algum retorno? Já agora, como se chama esse seu amigo que por vezes tens que recorrer para algum auxílio e qual o papel dele nisto tudo?

Sofia Sampaio
Por enquanto eu estou adorando toda essa experiência. Claro que tem vezes que sinto uma vergonha de saber que pessoas que me conhecem vêm meus vídeos, mas quando ouço os elogios eu fico muito mais descansada e feliz.
Dá um certo trabalho sim, principalmente na parte da edição dos vídeos e às vezes quando acontece algum contratempo ou surge algum obstáculo, como tem surgido aos montes desde que criei o canal, diga-se de passagem.
Eu fiz até um vídeo sobre isso, falando de todas as entraves que já passei, das vezes em que pensei em desistir do canal, mas no final falei que "o que for, será". Tem vezes que não dá para fazer aquilo que queremos, eu aprendi que não devo me martirizar por isso, caso contrário eu tornaria o canal em algo chato e desanimador de fazer.
Sobre o retorno, tem sido vagaroso mas não está parado! Aos pouquinhos e pouquinhos vou conquistando mais seguidores. Em geral as pessoas que assistem falam que adoraram os meus vídeos e que riram muito. Mas claro que já tive alguma críticas construtivas e eu agradeço muito por elas, pois elas é que me apontam meus defeitos e o que preciso melhorar! E eu estou dando o meu máximo para conseguir melhorar em muitos aspetos que me indicaram.
Meu amigo se chama Israel Barreto, ele também tem um canal no youtube que se chama ConectaByte. Como eu disse antes, ele é meu técnico. Ele entende imenso de informática e é à ele que recorro sempre que tenho um contratempo informático (tipo, vírus, programa de editor de vídeo que resolveu parar de funcionar, computador que lembrou de dar piti, etc). Mas ele não é o único que me ajuda e me apoia. 
Tenho também minha queridíssima amiga Bárbara Herdy que me ajuda imenso com os temas dos vídeos, lê os roteiros, opina sobre os assuntos e me dá uma luz quando eu não estou conseguindo roteirizar alguma coisa. Ela também é escritora e já tem um livro publicado que se chama “Apenas Respire”, e tem mais outro a caminho! Somos o apoio nos projetos uma da outra e a nível pessoal também.


D.L
Vejo que estás bem assessorada! E isto é bom, por que, por mais que o projeto seja tua cria, dá-lo a conhecer aos outros de tua confiança acaba por torná-lo algo maior, já que as opiniões daqueles em que confiamos nos fazem crescer, não é? Bem, quais os planos para o futuro da Elena Muller e do Panda? Tens algum outro projeto à caminho para além dos livros que estão por terminar?

Sofia Sampaio
É exatamente isso!
Eu tenho muitos projetos mas eles estão meio desorganizados. Preciso tentar me disciplinar neles.
Para Elena Muller eu tenho o desenvolvimento de um livro que estou escrevendo faz alguns anos. É um projeto que tenho me dedicado a fundo, porém não com tanta regularidade, por causa dessa minha inconstância na escrita. Mas por um lado acho que é para o melhor, porque a cada pausa que faço no desenvolvimento desse livro, eu retorno com mais ideias do que se me forçasse a escrever sempre.
Como eu disse antes, se eu me forçar a escrever vou odiar a obra! E essa eu não quero mesmo pegar ódio. Acho que pode ser uma das minhas melhores histórias!
Para além do livro, tenho também um blogue literário, que está sendo gerido e administrado por minha querida amiga Natalia Xavier. O blogue consiste em ajudar no intermedeio entre escritoras que têm imensas ideias para histórias e não conseguem desenvolver elas e que doam essas ideias no nosso site para que outras escritoras que estão em busca de ideias para escrever consigam encontrar seu grande projeto. O blogue se chama Doações de (Ideias para) Fanfics e tem sido muito bem recebido entre as escritoras.
Para o canal da Panda, ainda estou tentando me estabilizar. Há muitas coisas que preciso melhorar antes de estabelecer metas. Então acredito que esse ano vai ser dedicado a aperfeiçoar algumas coisas para o canal. Em geral o canal, o site e meus livros são meus únicos projetos, por enquanto. Mas vamos torcer para que eu seja surpreendida positivamente com algum projeto novo!


D.L
Gostei muito da ideia do blog Doações! Parabéns pela iniciativa. E para finalizar, tem dicas para as pessoas que pensam em criar um canal no youtube? O que você diria à elas de modo geral?

Sofia Sampaio
Pesquisem! Pesquisem muito, estudem muito, planejem muito e, principalmente, roteirizem! Um canal bem estruturado - ainda que a pessoa não tenha uma boa câmera ou não saiba editar tão bem assim - é a alma do youtuber. 
E claro, seja natural, SEMPRE! Não force as coisas, deixe fluir!
Claro, você pode criar um personagem e reger seu canal por esse personagem, mas até mesmo o personagem tem que ser natural. Porque pode não parecer, mas um youtuber é um gestor de negócios. Ele está gerindo sua pequena empresa onde o youtuber é todos os funcionários. O cameraman/woman, o editor, o roteirista, o artista, etc. Leve isto em consideração e você fará um bom trabalho. 


Então? Gostaram? Se quiserem saber mais sobre a personalidade cativante da Sofia/Elena, acessem os links abaixo, tenho certeza que irão gostar.
Obrigada à todas as pessoas que participaram e prestigiaram essa entrevista, em especial ao Blog Carpe Noctem, parceiro/co-autor deste projeto. 

Abraços. 

Links relacionados:

twitter:

insta: 

Amazon:

Wattpad:

9 comentários:

  1. Muito obrigada por essa entrevista maravilhosa, Key. O resultado final ficou incrível! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O prazer foi meu! Sabes que moras aqui ó <3
      Bjinhos

      Excluir
  2. Adorei a entrevista! Ficou muito boa mesmo! Parabéns às duas e desejo-te muito sucesso! Conta comigo como mais uma subscritora dos teus vídeos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Dev! Principalmente por me permitires participar deste projeto contigo <3
      Bjinhos

      Excluir
  3. Sofs pode ser minha amiga, mas vou te dizer uma coisa: QUE ENTREVISTA! Amei as perguntas, amei a desenvoltura do entrevistador e entrevistada e as respostas... Wow, algumas me fizeram parar para absorver tamanha profundidade. Adorei saber o processo criativo na escrita e para o canal da Sofs - e ver como esses dois mundos se encontram.

    Parabéns!

    http://www.msbarbaraherdy.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Bárbara Herdy!!
      Quero aproveitar para convidá-la à participar do projeto "Descobertas Literárias", será um prazer imenso tê-la conosco, pensa com carinho ;)
      Bjs

      Excluir
    2. Oiii! Desculpa a demora para te responder, Key ♥

      Eu nem preciso pensar, quero demais poder participar! Vai ser uma honra!

      Deixo aqui meu contato no facebook https://www.facebook.com/barbara.herdy.31, pode me adicionar e podemos conversar no inbox a vontade!

      Muito obrigada pela oportunidade e parabéns, mais uma vez pelo excelente trabalho ♥

      Excluir